• Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

C'est loin Bagdad [fotogramas]

May 29, 2018

 

 

 

 

 

As redes sociais alteraram a forma com que trabalhamos as perdas e o luto? De forma profunda, não sei, mas é certo que oferecem um meio novo. Os perfis são pequenos condensados de vida que ficam lá, em suspenso. Não para sempre, é certo, mas até que a tecnologia se torne obsoleta ou que a plataforma se esvazie definitivamente, porque teremos todos migrado para outras estratosferas digitais, deixando para trás escombros de imagens e informações.

 

As primeiras palavras desta publicação foram escritas em 2012 e retomadas em 2015, quase dois anos depois do desaparecimento de uma querida amiga francesa. Certo dia, uma de suas postagens ressurgiu, viva, relançada por algum “like”, desfilando feito nova na minha TL. O susto me fez retomar a escrita e visitar seu perfil como quem assiste um filme. (Valérie Brégaint era diretora e editora de cinema – “chef monteuse”, porque fica mais bonito e verdadeiro).

 

“C’est loin Bagdad [fotogramas]” é um único poema dividido em nove partes e uma série de imagens em díptico (o que ela adorava). Todas as imagens são apropriadas e trabalhadas do seu perfil no Facebook. São imagens desfocadas, carregadas de ruídos do trânsito por materialidades diversas.

 

O livro é movido pelo desejo de agradecer e celebrar uma amizade intensa e desencontrada no espaço. Talvez tenha sido a forma que encontrei de me inscrever no curta metragem “C’est loin Bagad”, que ela havia terminado de rodar quando nos conhecemos e se tornou uma lenda para mim, porque falava de fugas e energias utópicas, um tempo sempre a vir.

 

Gratidão profunda à Christine Choffey, amiga-irmã de Valérie, e que atuou como atriz em “C’est loin Bagdad”. Elas me apresentaram boa parte da arte, literatura e cinema que são fundamentais para mim até hoje. (A amizade pode ser tão ou mais formadora que a educação formal.) Além disso, elas me abrigaram em suas casas, em suas famílias.

 

Assim, é na presença das duas, com suas vozes, que esse livrinho foi feito. Sua forma é provisória, à espera de agregar novas palavras, comentários, condensados de imagem-texto-afeto-memória.

 

Será lançado junto à produção recente de duas amigas, cuja interlocução vem sendo fundamental: Masé Lemos (Belo Horizonte Boulevards) e Patricia Lavelle (Bye Bye Babel).

 

https://www.7letras.com.br/c-est-loin-bagdad-fotogramas.html

 

 

Please reload

November 16, 2018

November 11, 2018

Please reload

Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square